23 de M10, 2019
Marta Moura
Personal Trainer e Influencer Digital da Women’s Health Portugal. Tem 41 anos, é de Cascais e trabalha na indústria do fitness há quase 20 anos.
Natural de
Cascais
Idade
41
Altura
1,57 m
Peso
48 kg
Quando é que começaste a ter cuidado com a tua forma física e o que te levou a começar a treinar?
Desde muito cedo que comecei a ter cuidado, pois fui diagnosticada asmática aos 2 anos e os médicos deixaram bem claro que o exercício físico teria um papel fundamental na minha vida. Iniciei-me pelo ballet, mas aos 12 anos passei para o ginásio com exercícios de musculação, aeróbica e step. Mais tarde, quando estava na faculdade a estudar economia, tirei um curso de instrutor de Hip Hop porque adorava dançar e precisava de perder o pânico de falar em público e de ganhar confiança em mim própria. Comecei a dar aulas aos 22, passei para as modalidades Les Mills e fiquei ligada ao Holmes Place em 2003, ginásio onde permaneço até hoje. Atualmente sou responsável pelo departamento de atividades no Holmes Place de Cascais e dou aulas de grupo variadas: iCycle, Postura e Alongamentos, Total Condicionamento e Ballet Flow.
E atualmente, o que te motiva a treinar?
Os motivos vão mudando com o passar dos anos. Hoje em dia o que mais me inspira são os meus 3 filhos, que precisam de uma mãe saudável e feliz para os apoiar e servir de exemplo.
Como é um dia típico para ti?
Os meus dias começam as 6h30, tenho que me levantar primeiro que todos lá em casa para me despachar e depois tratar dos pequenos almoços e lanches para levarem, o meu marido ajuda nessas tarefas todas. Depois, deixo o Salvador no liceu, a Pilar na escola e a Marta que ainda tem 2 anos vem comigo para o clube e fica no kids Place Cascais enquanto eu trabalho. Chego antes das 9h e todos os dias dou aulas da parte da manhã. Faço o trabalho administrativo que tenho a fazer e a partir das 15h30/16h00 faço a volta ao contrário para apanhar miúdos. Até ao final do dia ainda faço alguns PT’s ao domicílio. Quando chego a casa oriento os meus filhos nos banhos, trato da roupa, jantar e cama. Só quando já está tudo deitado é que consigo adiantar trabalho para o site, Pt’s online, redes sociais, etc. Deito-me pelas 23h00/23h30.
Como é o teu estilo de treino semanal?
Eu dou aulas de segunda a sexta, em alguns dias 2 aulas, por isso não sinto grande necessidade de treinar fora disso, pois são aulas bastante completas onde treino força, resistência, flexibilidade e cardio. Se estiver com algum objetivo mais específico, faço 2 ou 3 treinos extra de 20 minutos adaptados a esse objectivo, ou quando filmo vídeos para o instagram ou YouTube. Dou as minhas aulas no Holmes Place de Cascais e quando treino, faço-o em casa.
Quais são os teus hábitos alimentares?
A minha alimentação é bastante normal, como de tudo. Não cozinho muito, os almoços e jantares são cozinhados pelo meu marido que é um cozinheiro fantástico, os filhos agradecem! Temos uma alimentação bastante variada. Procuro comer mais do “bom” e menos do “mau” mas como tudo, o Cheat Day é quando me apetece. As minhas refeições normalmente são:
  • De manhã, ao pequeno almoço como sempre cereais tipo muesli com frutos secos e leite sem lactose ou bebida vegetal.
  • A meio da manhã, batido de proteína e 1 fruta/ovo/frutos secos, varia.
  • Almoço e jantar por volta das 13h00 e 20h00, carne/peixe, batata/arroz/massa, salada ou legumes. Normalmente bebo água mas de vez em quando, ao jantar, bebo um copo de vinho.
  • De tarde, vário entre iogurte grego com granola, barrinha de proteína, panquecas e, de vez quando, pão escuro com queijo.
Eu não sou grande fã de carne (nunca fui), de há 2 anos para cá “obriguei-me” a tomar 1 batido de proteína por dia e notei uma diferença abismal em termos de massa muscular e definição. A nível de suplementação, para além da proteína, tomo BCAA’s enriquecidos com cafeína durante e após o treino, tomo 1 multivitaminico e faço ciclos alternados de magnésio e glucosamina, para as articulações e fadiga muscular.
Que influência tem o treino na tua vida?
Como trabalho profissionalmente nesta área, os benefícios para mim são óbvios, mas sinto que se fizesse outra coisa qualquer precisava de treinar todos os dias para me manter sã. A nível de relacionamentos é um mundo incrível pois conhece-se pessoas de universos completamente diferentes e tenho a possibilidade de mudar as suas vidas para melhor diariamente.

A nível de saúde, agora passados quase 20 anos a trabalhar no fitness, finalmente consegui achar um equilíbrio entre trabalhar e ter saúde, pois havia alturas em que dava 8 aulas por dia (mesmo grávida), ou dava 3 Body Pump no mesmo dia! Agora tenho todas as aulas bem distribuídas sem exageros e nunca me senti melhor.
Que música ouves enquanto treinas?
Se soubesses o que sabes hoje, terias feito alguma coisa diferente?
Fiz muita coisa que não devia, mas foram essas experiências que me moldaram e me tornaram na pessoa que sou hoje e tenho muito orgulho em mim. Portanto, não mudava nada.
Algum conselho para quem esteja a começar?
Começar com calma e não idealizar ficar com o corpo desta ou daquela pessoa. Ter objetivos sim, mas realistas e que sejam alcançáveis com práticas saudáveis. Porque fitness é saúde acima de tudo, temos de procurar atividades que nos dêem prazer e nos façam sentir bem.

Pouco e bem é muito melhor que muito e mau. Sugiro que comecem com 15 ou 20 minutos todos os dias, para incorporar o exercício físico na rotina, mas sem stressar. Com as redes sociais e YouTube é possível fazer tanta coisa sem ter de gastar dinheiro sequer, é uma questão de procurar profissionais credíveis e com quem haja empatia.
Se só pudesses escolher um qual seria?
Treino
Força
Desporto/Modalidade
Aulas de Total Condicionamento/ localizada/ hiit
Exercício
Agachamento
Snack saudável
Panquecas de aveia
Suplemento
Batido de proteína
Cheat Meal
sushi 🍣
Alguma coisa que queiras promover?
É no meu instagram que mantenho um contato mais próximo com os meus seguidores e partilho diariamente dicas de motivação, exercícios, vídeos, podem encontrar-me em @martamourafit. No meu site: www.martamourafit.com, podem conhecer-me um bocadinho melhor e ter acesso aos meus Guias de Fitness, como o Guia sobre a Diástase Abdominal para mamãs (e não só!). Como mãe de três e ligada à área sinto que tenho o dever de ajudar e dar ferramentas para as mulheres recuperarem a sua auto-estima e confiança. Pretendo passar uma mensagem de positividade e afirmar que ser mãe não significa desistir de si em prol dos filhos, significa que devemos gostar ainda mais de nós e ter orgulho por tudo aquilo que conseguimos fazer para o nosso bem-estar e da nossa família. No Facebook e YouTube encontram-me também como MARTAMOURAFIT.
Partilha esta entrevista
Mais entrevistas 👇
4 de M06, 19
Raquel Antunes
Tem 30 anos e é Personal Trainer. Diariamente inspira os seus alunos a praticarem mais exercício no seu estúdio Muscle Up Studio e nas redes sociais, onde partilha muitos treinos.
7 de M05, 19
Ricardo Rodrigues
Começou a natação aos 6 anos. Fez musculação, jogou futsal e atualmente pratica crossfit. Aos 37 anos adora brincar com o filho, treinar ao ar livre com amigos e viajar.
20 de M11, 19
Bárbara Araújo
Vimaranense de 24 anos. Começou a praticar exercício aos 18 anos, hoje considera que o treino é o seu “vício bom”.
Recebe em primeiro lugar entrevistas como esta com Anaísa Gonçalves.
Recebe em primeiro lugar as novas entrevistas e novidades.
Inscreve-me