22 de July, 2020
André Machado
Personal Trainer de 30 anos, natural de Alvalade. Realiza acompanhamento online com planos de treino e alimentação.
Natural de
Alvalade
Idade
30
Altura
1,80 m
Peso
85 kg
Quando é que começaste a ter cuidado com a tua forma física e o que te levou a começar a treinar?
Sempre fui uma criança muito activa. Quando entrei na escola lembro-me que não parava um segundo. Correr era o meu principal hobby e chegava várias vezes a casa com as calças rasgadas por cair tantas vezes.

Comecei a treinar muito cedo e a minha primeira experiência no desporto foi no Karate com 8 anos de idade. Foi uma passagem breve, talvez pelo facto de ser muito novo e querer experimentar tudo. Depois apareceu a natação e confesso que foi amor à primeira vista. Pratiquei alguns anos, chegando a ser federado e entrei em algumas competições. Ainda hoje acho que a natação continua a ser o desporto mais completo e sei que me deu uma excelente base para praticar qualquer tipo de desporto.

Na escola participava em vários corta matos, onde fazia sempre parte do pódio. Tinha jeito, era muito magro e tinha resistência, dois pontos a favor para quem faz atletismo. Mais tarde, com 15 anos, comecei a praticar futebol. Comecei tarde, mas era a minha principal paixão. Também fui federado em três clubes participando em várias competições. Aos 18 anos, o ginásio apareceu na minha vida e duvido que algum dia deixe de fazer parte dela.
E atualmente, o que te motiva a treinar?
Trabalhando na área do fitness há 9 anos sinto a responsabilidade de estar sempre em cima do acontecimento. É uma área que está sempre a inovar, e ainda bem. Sei que enquanto personal trainer tenho a responsabilidade de dar o exemplo, não faria sentido de outra forma.

O que me inspira diariamente é a imagem que vejo ao espelho todos os dias de manhã - eu mesmo. Procuro superar-me todos o dias e transferir as minhas ferramentas para os outros. Procuro todos os dias saber mais e mais, pois só assim serei melhor profissional e melhor pessoa.
Como é um dia típico para ti?
O meu dia começa pelas 8h30 da manhã. Sou personal trainer e começo a dar treinos aos meus alunos por volta as 9h30. Vivo perto do trabalho, por isso pelas 8h45 estou a tomar o meu pequeno almoço. Após dar os meus treinos da manhã tenho a possibilidade de ir a casa almoçar e ainda me resta tempo livre para fazer o que me apetecer. Pode ser ir à praia, a uma esplanada beber um café, ler um bocado ou mesmo ficar em casa e esperar por fazer a digestão para ir treinar.

Normalmente treino por volta das 15h30. Após treinar, recomeço os treinos da parte da tarde, acabando normalmente por volta das 20h30. Depois de jantar, caso não tenha de planear treinos ou de rever acompanhamentos online, aproveito para relaxar. Não gosto de me deitar muito cedo. Por isso até à meia noite e meia aproveito para estar entretido com algum hobby.
Como é o teu estilo de treino semanal?
Treino quase sempre no meu trabalho, no Fitnesshut de Linda-a-Velha. Adoro treinar outdoor, mas é menos comum. Nunca estou mais de um mês a fazer o mesmo tipo de treino. Os meus treinos têm no máximo a duração de uma hora.

Posso, num mês, treinar hipertrofia pura, que irá consistir em usar cargas externas, com pesos progressivos e diminuição de repetições e, no outro mês, optar por treinos mais funcionais e metabólicos, onde num treino opto por dar ênfase ao corpo todo usando vários músculos que no treino convencional não são tão solicitados. Adoro ambos os treinos mas sinto que beneficio ir alternando. Ultimamente, no meu treino de hipertrofia, costumo dividir os grupos musculares ao longo da semana:
  • Segunda feira: costas e bicep
  • Terça feira: pernas
  • Quarta feira: peito e bicep
  • Quinta feira: parte posterior das pernas
  • Sexta feira: ombros
  • Sábados: Peito, bicep ou pernas (escolho um deste músculos para repetir)
Caso esteja no mês de treinos mais funcionais, varia imenso e não costumo ter um planeamento. Utilizo muitos exercícios de potência como saltos com peso, recorro também a exercícios de estabilidade que beneficiam a parede abdominal e faço imensa mobilidade.
Quais são os teus hábitos alimentares?
Tenho uma alimentação Vegan/Vegetariana há 2 anos. Fui Vegan durante 8 meses e atualmente sou Vegetariano pois como ovos. É raro mas como, por isso não posso dizer que a minha alimentação é Vegan apesar de 90% ser de base vegetal.

O meu pequeno almoço é pelas 8h30 e é quase sempre um smoothie com bebida de amêndoa, proteína vegetal, aveia, linhaça, maca, curcuma, pimenta preta, banana e frutos vermelhos. Como toppins utilizo sementes de cânhamo, goji, côco ralado, manteiga de amendoim e canela. Os meus snaks da manhã e da tarde são quase sempre barras de proteína ou fruta com frutos secos. As refeições principais têm como fonte de proteína legumes variados, lentilhas, tofu ou feijões e como hidratos de carbono batata doce e arroz basmati. O abacate está sempre presente em todas as minhas refeições principais, adoro.

Não faço cheat day, mas sim cheat meal. Normalmente opto por pizzas vegan ou hambúrgueres. Opto sempre por ir a restaurantes vegan que têm fast food. Quanto à minha suplementação, tenho por hábito usar proteína vegetal em pó, que utilizo sempre como pós treino, vitamina b12 e multivitamínico. De vez em quando suplemento Omega 3 e vitamina d3 e faço ciclos de creatina mês sim mês não. Não tomo pré treinos. Se café contar como um, esse é o meu pré treino de eleição
Que influência tem o treino na tua vida?
Treinar faz de mim uma pessoa melhor. Sem a minha rotina semanal de treinos, definitivamente não era tão feliz. Meditar é uma ferramenta poderosa para os dias que correm. A minha meditação é feita todos os dias, nos meus treinos. O treino acaba por interferir em todas as áreas da minha vida e caso esteja mais de dois dias sem treinar, sinto que afeta a minha produtividade, tanto no trabalho como na minha vida pessoal.

O treino para além de ajudar no processo de perda de gordura ou aumento da massa muscular, tem uma interferência tremenda em todo o processo de atenção e concentração, que se prolonga para além do tempo em que estamos a treinar. Em pleno século XXI, e numa era de muitos problemas mentais e psicológicos, é fulcral termos um tempo só para nós.

O treino faz de mim alguém mais equilibrado e melhora-me substancialmente enquanto ser humano. Enquanto profissional de exercício físico, poderia citar imensos benefícios que o treino tem nas nossas vidas, mas prefiro dizer que não há ninguém que tenha começado a praticar exercício e a sua vida tenha piorado. Nunca piora, melhora e muito!
Que música ouves enquanto treinas?
Confesso que sou um amante de música. Ouço de tudo um pouco, mas também adoro ouvir podcats ou audios motivacionais. Acho uma ferramenta genial, pois por vezes falta-nos ouvir apenas aquela frase, aquela palavra, que nos fará despertar e nos podcats encontramos isso. Normalmente ando entre áudios ou hip hop português.

Se soubesses o que sabes hoje, terias feito alguma coisa diferente?
Não. Faria tudo igual. Tudo aquilo por que passei, mesmo momentos mais traumáticos, deram-me bagagem para o que sou hoje. Fazer más escolhas faz parte de todo o processo evolutivo de qualquer pessoa. Errar é humano, aprender com o erro é ser sábio.
Algum conselho para quem esteja a começar?
Não tenhas pressa. Terás imenso tempo para atingires os teus objetivos. Sê sábio em cada passo e procura ajuda de um profissional. A falta de informação é a maior lacuna na área do exercício físico. A internet pode ser uma excelente aliada mas, por outro lado, pode levar-te a dar um passo maior que a perna.

Tudo tem uma razão de ser. Respeita o teu corpo e todas as suas adaptações ao exercício. Nada se constrói do dia para a noite, mas se fores minucioso e procurares estudar a fundo a modalidade que estás a começar, certamente atingirás mais rápido os teus objetivos.

Planeia. Sem um plano provavelmente não sairás do mesmo sítio. Nunca irás desistir se todos os dias te lembrares por que razão começaste. Se a tua área de interesse for musculação, começa por comprar um dos livros do Paulo Gentil, como “Bases cientificas do treinamento de hipertrofia”. Será uma grande ajuda para este teu arranque no mundo dos ginásios.
Se só pudesses escolher um qual seria?
Treino
Pernas
Desporto/Modalidade
Natação 🏊‍♂️
Exercício
Dips
Snack saudável
Uma fatia de pão de alfarroba com banana e manteiga de amendoím
Suplemento
Proteína
Cheat Meal
Pizza 🍕
Alguma coisa que queiras promover?
Posso começar pelo meu instagram @andremachadofitness que é onde passo maior parte do meu tempo e onde faço os meus acompanhamentos online e, de momento, treino personalizado online.

Podem encontrar vários testemunhos de alunos meus, dicas de nutrição, treinos para fazer em casa e alguns treinos que faço no ginásio. É também a plataforma que uso para divulgar a AMFITNESS. O projeto que criei de serviço de acompanhamento online, onde podem ter acesso a planos de treino e alimentares. Também podem espreitar a minha página profissional do facebook, @Amachadopt.
Partilha esta entrevista
Mais entrevistas 👇
20 de Nov, 19
Bárbara Araújo
Vimaranense de 24 anos. Começou a praticar exercício aos 18 anos, hoje considera que o treino é o seu “vício bom”.
29 de Jan, 19
Tânia Duque
Advogada, tradutora e fã de artes marciais. Desportista desde pequena. Sofreu de anorexia nervosa e hoje é um exemplo de força de vontade e superação.
30 de Jan, 20
Lara
Tem 39 anos e é natural de Lisboa. Motivada em ser mais saudável pela filha, após uma depressão pós-parto em que ficou obesa, perdeu 47kg com uma vida mais ativa e equilibrada.
Recebe em primeiro lugar entrevistas como esta com Tiago Marcelos.
Recebe em primeiro lugar as novas entrevistas e novidades.
Inscreve-me