4 de March, 2020
Diana Morais
Tem 21 anos, vive no Porto. Iniciou a sua jornada numa vida mais ativa e equilibrada há dois anos, aumentando de peso de forma saudável e feliz.
Natural de
Porto
Idade
21
Altura
1,56 m
Peso
51 kg
Quando é que começaste a ter cuidado com a tua forma física e o que te levou a começar a treinar?
Desde que me lembro sempre gostei de praticar desporto, nunca faltei a uma aula de educação física, porém o que me faltava era a ter uma alimentação equilibrada e nutritiva. Com o decorrer da idade, na adolescência, comecei a ter problemas com o que via ao espelho, via-me mais gordinha do que o que pensava normal e tinha muita celulite. Até um dia em que decidi mudar. Aos 18 anos comecei a correr todos os dias às 7h da manhã. Porém também começei a cortar hidratos de carbono e devido a isso fiquei muito magra. Mais do que o que gostava… Nessa altura eu estava no 12.º ano e os meus intervalos eram passados fechada na casa de banho, pois não queria conviver com ninguém. Queria perder cada vez mais peso… Fiquei tão magra ao ponto em que a minha família já não me reconhecia mas eu não me via tão magra quanto estava na realidade.

Até que dia 31 de dezembro de 2017 fui passar o ano novo com toda a minha familia e quase toda a gente me disse estava demasiado magra. Bateu-me por completo todos aqueles comentários. Foi tão mau… Até que me mentalizei que tinha que mudar. Por mim. Pela minha familia. Pela minha mãe (que enfrentava uma depressão). Acordei dia 1 de janeiro e instalei uma aplicaçao no telemovel - Myfitnesspall. E iniciei assim a minha “jornada” fitness. Decidi, por mim, que ia engordar mas de forma saudável. Tudo o que comia contabilizava e tinha o objetivo de chegar a x calorias por dia. Em fevereiro também decidi entrar para o ginásio e, desde ai, começou esta “paixão”. Tornei-me mais ativa e mais feliz. Até hoje aumentei 10kg. Saudáveis e felizes.
E atualmente, o que te motiva a treinar?
Hoje em dia inspiro-me em mim, no que consegui até agora e em ser melhor todos os dias. Dar o meu melhor, tanto nos treinos como na vida. Procuro manter uma vida saudável, estável e nutritiva. Com alguns docinhos pelo meio - faz parte e faz bem, ao corpo e à cabeça. 🙂
Como é um dia típico para ti?
As horas a que começo o dia variam muito. Há dias em que treino às 7h da manhã e outros em que só treino depois do trabalho. Caso treine de manhã, por norma acordo às 6h, como ovos e aveia e vou logo treinar. Sigo caminho a pé até ao ginásio e quando acabo o treino e regresso a casa pelas 9h00. Faço o pequeno almoço para a minha mae, arrumo a casa e vou apanhar o metro. Demoro 30 minutos até à clínica de Oftalmologia onde trabalho. Ao final da tarde, pelas 18h, regresso a casa, ou vou tirar umas fotos para o Instagram ou, caso não tenha treinado de manhã, vou treinar. Chego a casa janto e estou com a minha familia. Sou muito caseira, gosto de estar em casa a conviver. Por volta das 22h30 começo a preparar a minha última refeição, faço a ceia e vou dormir. Adormeço por volta das 23h30.
Como é o teu estilo de treino semanal?
Todos os dias pratico musculação, menos ao domingo que é o meu dia de descanso. Treino no Ginasio da Venda Nova, durante cerca de 1 hora:
  • À segunda feira treino perna completa.
  • Na terça ombro e costas, com 2 exercícios de abdominal no fim (caso me apeteça e tenha tempo).
  • Na quarta feira treino de glúteo e femoral.
  • Na quinta feira foco mais no bicep e no tricep, também com uns exercícios de abdominal no fim.
  • Na sexta feira treino perna com foco no quadriceps e nos gémeos.
  • Ao sábado faço uma caminha em jejum por cerca de 1 hora, para passear a minha cadela e depois vou treinar. Por norma é um dia que treino um bocadinho de cada grupo muscular.
Os exercícios são muito variados. Faço o comum, não gosto de inventar. E resulta! Normalmente, dependendo do treino e exercício, faço 4 sets de 15 reps, ou 10-12, ou 8-10 e tento ir sempre até à falha.
Quais são os teus hábitos alimentares?
Tenho sempre muitos cuidados com a alimentação porque é essencial para me manter com energia e força ao longo do dia. Não exagero no sal, azeite e nos temperos. Não como fritos, nem carne de porco e bebo sempre cerca de 5 litros por dia. Normalmente faço 7 receições, em que como sempre o mesmo:
  • Pequeno almoço (6h/7h): panquecas de aveia (com aveia e ovos), papas de aveia (aveia, ovos e proteína), ou entao arroz e ovos.
  • Segunda refeição (11h): arroz/batata doce com pescada ou atum.
  • Almoço (13h): batata doce, feijão verde e frango.
  • Quarta refeição (16h): claras e aveia.
  • Quinta refeição (18h30): ovos e bolachas de arroz.
  • Jantar (20h/21h): claras, ovos, pescada e feijao verde.
  • Última refeição (23h): quark com frutos secos, ou claras com frutos secos, ou papas proteicas com claras, proteina e frutos secos.
Como suplementação apenas incluo na minha rotinha proteína whey isolada no pós treino (porque acabo o treino com fome e ainda demoro a chegar a casa). Não tenho cheat day. Caso fuja da rotina, faço-o apenas 1 refeição por semana, porém é raro fazê-lo, só mesmo se me apetecer (às vezes um gelado no McDonalds ou um jantar num restaurante novo).
Que influência tem o treino na tua vida?
Aquela hora em que treino ajuda-me imenso, tanto no bem estar físico como mental. Adoro treinar e adoro tirar aquela horinha para cuidar de mim. É o meu tempo. Treinar torna-me numa pessoa com mais energia, mais bem disposta, alegre e realizada com a vida que tenho.
Que música ouves enquanto treinas?
Se soubesses o que sabes hoje, terias feito alguma coisa diferente?
Penso que não mudaria nada. Tudo o que fiz contribuiu imenso para o que sou hoje em dia. E sem isso talvez não estivéssemos aqui a falar hoje.
Algum conselho para quem esteja a começar?
Aconselho sinceramente a procurarem ajuda de um profissional logo no início, para vos guiar e ensinar. Nunca sabemos tudo. Há sempre algo mais para aprender e melhorar.

Primeiramente optem por traçar um objetivo. E claro, estarem focados no objetivo é essencial. Sabermos o que realmente queremos e estarmos conscientes de que vamos ter de abdicar de certas coisas para conseguirmos chegar ao objetivo. O maior obstáculo é a cabeça. Temos que ser fortes e acordar todos os dias com o pensamento “hoje vou ser/fazer melhor que ontem”.
Se só pudesses escolher um qual seria?
Treino
Perna
Desporto/Modalidade
Treino no Ginásio
Exercício
Agachamento
Snack saudável
Ovo 🥚
Suplemento
Proteína whey isolada
Cheat Meal
Pizza 🍕
Alguma coisa que queiras promover?
O meu instagram, @dianaifmorais.
Partilha esta entrevista
Mais entrevistas 👇
8 de Jan, 20
Ana Morais
Natural de Arraiolos e a viver na Austrália, é Personal Trainer e autora do canal Move com Ana Morais que tem como missão trazer mais mulheres portuguesas para a prática de…
9 de Apr, 19
Regina Lima
É co-fundadora e a cara do Nutree - um blog sobre alimentação, bem-estar e fitness. Também realiza workshops de comida saudável, e tem uma rúbrica no programa Olá Maria. Trabalha…
2 de Apr, 19
Valter Silva
Tem 25 anos, é de Viana do Castelo e vive em Lisboa. Adora treinar no ginásio ou ao ar livre, jogar futebol ou padel, e sempre que pode vai surfar com amigos. Nos tempos livres…
Recebe em primeiro lugar entrevistas como esta com André Silva.
Recebe em primeiro lugar as novas entrevistas e novidades.
Inscreve-me