22 de April, 2020
Gustavo Almeida
Personal Trainer de 28 anos, natural de Esposende. Fundador do MOOV, um estúdio de treino e eletroestimulação em Braga. Passou por várias modalidades e atualmente pratica Crossfit.
Natural de
Esposende
Idade
28
Altura
1,85 m
Peso
95 kg
Quando é que começaste a ter cuidado com a tua forma física e o que te levou a começar a treinar?
Desde miúdo sempre fui incutido a fazer desporto. Aos 3 anos de idade comecei a praticar natação e, com o passar do anos, passei por outros desportos como o BTT e o bodyboard, também por influência de ter crescido à beira mar. Aos 16 anos fui estudar para Braga e inscrevi-me no karaté, onde cheguei a participar em algumas competições nacionais. Com 18 anos, resolvi experimentar a musculação, que acabou por contribuir para a minha formação atual. Mais tarde, quando o crossfit chegou a Portugal, quis conhecer um pouco da modalidade mas só em 2018 é que comecei a apanhar o gosto e querer dar o melhor de mim.
E atualmente, o que te motiva a treinar?
Treinar já faz parte da minha rotina, não consigo passar um dia sem o meu treino, é como um “refúgio”. Todos os dias procuro motivar os que me rodeiam e dar o melhor de mim. Sempre fui bastante empenhado e quando me meto em alguma coisa gosto de dar o meu maximo, portanto a minha evolução foi grande.
Como é um dia típico para ti?
O meu dia começa bem cedo, geralmente acordo as 6h da manhã, para ir trabalhar às 7h. O pequeno almoço é sagrado para mim, basicamente consiste em pão com ovos e bacon, chá e 2 cafés curtos. Sou personal trainer, tenho um estúdio próprio com treinos personalizados e eletro fitness (treinos de eletroestimulação), ao qual dedico quase 100% do meu dia. Por isso, a minha hora de treinar nem sempre é a mesma pois os meus horários dependem sempre dos meus clientes. Geralmente o meu trabalho termina às 21h, fico sempre até mais tarde pois gosto de deixar o estúdio limpo e arrumado para o dia seguinte. O meu dia termina em casa, tento deitar-me cedo (por volta das 23:30h) para que possa descansar em condições.
Como é o teu estilo de treino semanal?
Todos os dias faço Crossfit, que acaba por ser uma modalidade bastante diversificada, pois mistura cardio com força. O meu treino dura 2h, estando este dividido por 3 partes: força, halterofilismo e metabólico/ginástica. Todos os dias exercito todos os meus grupos musculares, o número de séries e de repetições varia bastante consoante o WOD (Workout of the Day, em português, “treino do dia”). Apesar de ter um estúdio, não é la que treino. Não só porque não tem condições para a prática do Crossfit, mas também porque é o local onde passo 10 horas do meu dia. Faz-me bem sair do ambiente de trabalho e treinar na minha segunda casa, que é o Bracara Crossfit.
Quais são os teus hábitos alimentares?
Não tenho uma rotina propriamente certa, devido ao horário do meu trabalho. No entanto, tento sempre ter cuidado com a minha alimentação.
  • O pequeno almoço é rico em energia, tal como já referi, para me dar um boost para o trabalho.
  • A meio da manhã costumo tomar o meu pré-treino e e depois o pós-treino.
  • Ao almoço como sempre algo saudável. Sempre sopa, proteína, hidratos e tento complementar com uma peça de fruta.
  • Ao lanche como quase sempre panquecas de aveia e banana.
  • O jantar é bastante idêntico ao almoço, tento sempre diversificar a proteína (peixe ou carne). De vez em quando também gosto de comer tofu ou seitan.
Acima de tudo, gosto muito de variar a minha alimentação, dentro do saudável. Tenho o cuidado de comer de 3 em 3 horas e complemento a minha alimentação com suplementos de proteína e creatina. Normalmente, ao domingo, faço uma “cheat meal” pois é o dia em que estou mais relaxado e sinto necessidade de sair da minha rotina.
Que influência tem o treino na tua vida?
O treino é um fator muito importante para o meu dia a dia. É quando desligo de tudo e fico no meu mundo, no meu momento. Sendo o meu trabalho relacionado com a área do desporto, treinar também contribui para que esteja sempre informado e que procure melhorar sempre. Sem dúvida que me abriu o leque de amizades, onde partilho ideias e conhecimentos de treino e é ótimo para melhorar o meu fitness ou até partilhá-lo com outras pessoas. A minha saúde está em primeiro lugar e sinto que o meu treino contribui bastante para tal, pois obriga-me a ter uma alimentação equilibrada, aliada ao bem estar físico e mental.
Que música ouves enquanto treinas?
Para treinar gosto de ouvir techno, house e rock. São estilos de música bastante mexidos e que dão mais energia aos meus treinos.

Se soubesses o que sabes hoje, terias feito alguma coisa diferente?
Sempre ambicionei em ter o meu próprio negócio (que agora tenho) mas talvez tivesse começado mais cedo. Tive vários entraves até chegar onde cheguei, talvez fizesse as coisas de forma diferente, mas agora sinto-me completamente feliz, pois o meu espaço é tal e qual como eu idealizei. Outro aspeto que me deixa a pensar é que se soubesse o que sei hoje teria começado a fazer Crossfit mais cedo, pois sinto que poderia ter ido mais longe.
Algum conselho para quem esteja a começar?
Não queiras aprender tudo de uma só vez, dá tempo ao tempo irás melhorar dia após dia. O mais importante é acreditar no processo. A rotina é um factor essencial para seres consistente no treino e não cederes. Confia em ti e faz por ti. Luta pelo que queres e todos os dias dá a melhor versão de ti. Pessoalmente, gosto muito de frases motivadoras e procuro sempre ler para mim próprio e transmitir aos meus clientes, também para os motivar a serem melhores.
Se só pudesses escolher um qual seria?
Treino
Crossfit
Desporto/Modalidade
Crossfit
Exercício
Clean and jerk
Snack saudável
Pão integral com manteiga de amendoim, banana e canela
Suplemento
Proteína
Cheat Meal
Francesinha
Alguma coisa que queiras promover?
Partilha esta entrevista
Mais entrevistas 👇
12 de Mar, 19
Inês Rodrigues
É fotógrafa e cabin crew, mas também adora ginásio e a área da psicologia. Nas redes sociais e no seu trabalho como coach incentiva diariamente todos a trabalharem pelos seus…
12 de Jun, 19
Duarte Cerdeira
Instrutor de Fitness e PT de 30 anos, natural de Braga. Aos 27 anos descobriu que tinha diabetes tipo 1, aprendendo a lidar e a incorporar o treino como parte da terapia.
8 de Jan, 19
Rafael Pinto
Youtuber de fitness português, com mais de meio milhão de visualizações. É vegan. Estuda Direito na Universidade do Minho e tem como hobbies ler e cinema.
Recebe em primeiro lugar entrevistas como esta com André Silva.
Recebe em primeiro lugar as novas entrevistas e novidades.
Inscreve-me