19 de M03, 2019
Nuno Brito
Apaixonado por basquetebol. Começou a treinar no ginásio aos 22 anos, sem grande ambição, mas neste momento para ele os treinos têm que ter entrega total. Tem 32 anos, é Personal trainer, Modelo e vive no Porto.
Natural de
Cabo Verde
Idade
32
Altura
1,85 m
Peso
91 kg
Quando é que começaste a ter cuidado com a tua forma física e o que te levou a começar a treinar?
Desde jovem que só gostei de uma modalidade, o Basquetebol era a minha paixão e a certa altura até ponderei jogar de forma profissional, o que por prioridades da vida acabou por nunca acontecer. Em criança morava num bairro humilde em que todos os meu amigos se juntavam durante o dia para jogar em equipas. Em casa, muitas vezes o ambiente familiar não era o mais saudável então jogar era a minha terapia, o momento em que me sentia realmente livre. Vim para Portugal com o objectivo de me licenciar e tentar seguir o sonho de ser engenheiro mecânico. Nos primeiros anos a viver em Portugal tornei-me numa pessoa amargurada e uma pessoa de quem eu já não gostava devido à falta de apoio, oportunidades, escolhas impróprias e desilusões. Eu era daqueles que queria agradar a todos menos a mim próprio, sentia-me só, perdido, desorientado e cansado psicologicamente.

Nunca fui adepto de musculação ou de ginásios, nem mesmo de pessoas musculadas, tanto que entrei para o ginásio praticamente obrigado. Disseram-me que ajudava a combater o stress... Com 22 anos, já vivendo em Portugal, entrei então para o ginásio, em que grande parte do tempo eu passava no banho turco ou sauna e quase tempo nenhum na sala de musculação. Sentia-me, muitas vezes, inferior a toda a gente, até que chegou o dia em que eu resolvi que queria gostar do reflexo que via no espelho, pelo menos fazer algo por mim uma vez que se não o fizesse, ninguém o faria. Curiosamente, como por um sinal, vejo um desconhecido exactamente igual ao que eu queria ficar… Alto, moreno, musculado, bem vestido… e isso inspirou-me! Ele também tinha tatuagens e na mesma semana decidi fazer também uma tatuagem - no braço. Foi nesse dia que decidi que eu ia ser o melhor e que era capaz de o ser! Desde então que treino por gosto, por amor, por dedicação, disciplina, limpar a mente… e essencialmente, para ser feliz comigo mesmo.
E atualmente, o que te motiva a treinar?
Hoje em dia treino para ser a pessoa feliz que o treino me faz ser, pela sensação de superação diária e pela certeza de que cada dia sou melhor. Sentir que finalmente posso ser quem eu sempre quis ser. Actualmente, agradeço a Deus pois inspiro muitas pessoas. Sempre quis ser relevante para as pessoas que gosto e para as que me rodeiam. Sinto que finalmente começo a conseguir esse feito com a força de vontade e entrega que demonstro durante os meus treinos pois para mim, não existe o impossível…

Acredito sempre, se alguém o fez, eu também o farei! Curiosamente a minha forma física tornou-se uma consequência da minha entrega aos treinos. O meu objectivo é servir de exemplo e fazer de mim algo que nunca me sentira antes… Importante.
Como é um dia típico para ti?
Considero os meu dias são normais. Eu não compito por isso não tenho hábitos de quem compete. O meu dia começa sempre cedo, acordo por volta das 7h, como as minhas panquecas, preparo os meus alimentos para o dia, sendo que alguns já estão preparados do dia anterior e vou treinar cerca de 1h.

A seguir ao treino, por volta das 9h45, tomo o meu pequeno almoço (bolo proteico), 1h30 depois como um queijo quark com um pedacinho de chocolate.

Por volta das 13h30 vou almoçar, tento variar sempre o que como tentando sempre ter um teor proteico alto na minha dieta. Neste momento trabalho na área comercial de um ginásio e infelizmente o dia é muito preenchido.

Por volta das 16h lancho as minhas panquecas com mel e canela. Volto a comer por volta das 19h um pão de alfarroba com fiambre de peru e um iogurte quark 0%.

As 21h00 depois de ir buscar a minha filha, janto e brinco com ela. Antes de dormir, por volta da meia-noite, normalmente, como gelatina.
Como é o teu estilo de treino semanal?
Ainda jogo basquetebol duas vezes por semana, adoro Crossfit e qualquer desafio do treino funcional. Normalmente o meu treino não passa de 1 hora. Os meus treinos neste momento estão divididos da seguinte forma:
  • Segunda - peito e biceps
  • Terça - dorsal
  • Quarta - ombro e abs
  • Quinta - Pernas
  • Sexta - dorsal e triceps
  • Sábado - Peito e abs
  • Domingo - Descanso.
Atualmente faço 4 séries com reps de 4 a 10, com dropsets e combinadas. Treino no Fitness Hut Antas mas o meu lugar favorito de treino é num parque ao ar livre.
Quais são os teus hábitos alimentares?
Não como de 3 em 3 horas mas como sempre que sinto necessidade. Faço “cheat meal” uma vez por semana, de preferência ao domingo ou então, quando sinto mesmo desejo de comer algo “mau” porque penso que temos que estar psicologicamente saudáveis e não nos privar demasiado. Claro que temos que ter cuidado e por isso evito ao máximo açúcar e gorduras saturadas. Neste momento, estou a adaptar-me ao estilo vegetariano apesar do desafio que tem sido mudar a alimentação.

A minha suplementação de momento é: Creatina, Glutamina, Crómio, ZMB6, Multi-vitamínico, Proteína 100% Whey, Vitamina C e Magnésio. Viro as costas aos esteróides, nada contra quem toma mas prefiro o caminho mais longo mas porém mais saudável. Nos dias de peito, costas e pernas tomo pré-treino, adoro a sensação de garra que me proporciona.
Que influência tem o treino na tua vida?
Gosto do meu aspeto físico, sinto-me saudável, mais jovem, mais bonito, mais bem disposto e essencialmente, sempre melhor do que ontem. As pessoas à minha volta gostam e a nível profissional possibilita-me trabalhos nos ramos da moda e do fitness.
Que música ouves enquanto treinas?
Se soubesses o que sabes hoje, terias feito alguma coisa diferente?
Tinha começado mais cedo a treinar.
Algum conselho para quem esteja a começar?
Se queres começar a treinar convém que percebas bem o que queres e acima de tudo o que isso te vai trazer para a tua felicidade. Seja por saúde, estética, vaidade, gestão de stress, passatempo. O que quer que te motive, agarra nisso e encontra o caminho para te tornares melhor nisso. Como tudo na vida, antes de apostar no que quer que seja tens que apostar em ti próprio, torna-te uma pessoa positiva e com amor próprio, uma pessoa que quer ser melhor em tudo o que faz, uma pessoa que se quer olhar ao espelho e sentir orgulho. Quando encontrares essa pessoa, tudo o resto vai seguir a mesma linha. Para estares motivado tens antes que aprender a ser uma pessoa motivada.

Utilizo algumas apps no meu dia a dia que são: Wodster, Gym Workout Exercises, Runtastic, My Fitness Pal, Six Pack, Strongr Fast, Tabata e High Protein Diet.

Sou um consumista fanático de videos motivacionais no youtube sendo o meu favorito de todos o CT Fletcher
Se só pudesses escolher um qual seria?
Treino
Treino Funcional
Desporto/Modalidade
Basquetebol 🏀
Exercício
Muscle up
Snack saudável
Barra de aveia caseira
Suplemento
Batido F1 herbalife
Cheat Meal
Francesinha
Alguma coisa que queiras promover?
Partilha esta entrevista
Mais entrevistas 👇
21 de M11, 18
Eduardo Xavier
A sua paixão é o boxe, mas não dispensa também um treino ao ar livre. Natural de Guimarães, com 29 anos é empresário na área da restauração, sócio da cadeia de restaurantes…
2 de M04, 19
Valter Silva
Tem 25 anos, é de Viana do Castelo e vive em Lisboa. Adora treinar no ginásio ou ao ar livre, jogar futebol ou padel, e sempre que pode vai surfar com amigos. Nos tempos livres…
22 de M01, 19
André Rebolo
Madeirense que treina para ser culturista profissional e ambiciona um dia ser uma referência a nível nacional e mundial. É Personal Trainer, Online Coach e Sócio-Gerente do Carlos…
Recebe em primeiro lugar entrevistas como esta com Beatriz Santos.
Recebe em primeiro lugar as novas entrevistas e novidades.
Inscreve-me